Tradutor

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Cronograma Capilar - Parte 1



Oi, minhas lindas!!

Tudo bem? Hoje começaremos essa série tão aguardada por vocês onde ensino e explico, juntamente com a Angela, do blog Moda, Beleza, Estilo e Bom Gosto de Mulher, o Cronograma Capilar e como esse processo pode ajudar vocês na reconstrução e beleza dos cabelos. 

Mas o que é o Cronograma Capilar (CC)?

O cronograma nada mais é do que uma programação que você faz para o seu cabelo de acordo com a necessidade dele. O cronograma capilar é dividido em três fases: hidratação, nutrição e reconstrução.  


Existe um cronograma capilar oficial onde o tratamento dura 4 semanas e a ordem é essa:

-  Primeira semana: 2 hidratações e uma nutrição
- Segunda semana: 2 hidratações e uma nutrição
- Terceira semana: 2 hidratações, uma nutrição e uma reconstrução
- Quarta semana: recomeça-se do início.

Você pode começar seguindo o cronograma oficial para ir vendo os resultados e como o teu cabelo está reagindo. A medida que você vai percebendo as mudanças e qual é a fase que o teu cabelo mais precisa, você pode (e deve) ir mudando a ordem e frequência dos produtos. 

Na verdade, o cronograma capilar é algo muito pessoal e quem vai te dizer o que mais e menos precisa é o teu proprio cabelo. Por isso, o que pode ser bom pra mim, pode não ser tão bom para você e vice-versa. Isso quer dizer que não existe uma fórmula de cronograma para todos os cabelos crespos, todos os cacheados, todos os tingidos. Existe cronograma para cada pessoa.

No final das contas, o cronograma serve para aprendermos a reconhecer o que nosso cabelo precisa e usarmos os produtos certos pra isso. Parece simples, mas como reconhecer o que o meu cabelo precisa? E quais são essas necessidades?

Antes de comprar todos os cremes e decidir se jogar de vez no regime capilar, é importante entender qual a finalidade de cada etapa. Os produtos hidratantes se depositam sobre os fios e impedem que a umidade vá embora com facilidade. Os nutritivos repõem os lipídios nos fios ressecados. Já os reconstrutores são específicos para quem realmente tem cabelos danificados, pois visa a reposição da queratina perdida.

Comecemos explicando um pouco sobre as necessidades do fio:

Hidratação

Hidradratar é colocar água. O nosso cabelo, assim como o nosso corpo, precisa de hidratação para ser saudável. Um cabelo desidratado fica opaco e ressecado, se olhar no espelho e perceber os fios sem brilho, com um toque áspero, aposte na hidratação.


Nutrição

Nutrir o cabelo nada mais é do que alimentá-lo, deixar os fios mais fortes e resistentes. O alimento dos fios são os lipídios, a gordura. Um cabelo desnutrido é sem definição e com bastante friz. Basta imaginar o seu cabelo sem nada de óleo, ele ficaria completamente disforme. 


Pergunta que não quer calar: “quem tem cabelo oleoso pode fazer essa etapa”? Não só pode como deve. Diferentemente do que se imagina, um cabelo oleoso precisa, sim de óleo. E essa etapa do tratamento é fundamental pois colocando mais óleo, o couro cabelo parará de produzir tanto sebo porque o óleo do tratamento “engana” o teu couro cabeludo e este, “pensando” que já gerou todo o óleo que normalmente produz, diminuirá a quantidade. Sacou? :-)
 
Reconstrução

A reconstrução é quando o cabelo está bem detonado devido aos processos químicos. Ela vai repôr a massa que o fio perde quando sofre estas mudanças. Um cabelo que precisa de reconstrução é o mais fácil de perceber, fica poroso, elástico, quebradiço e extremamente frágil. Um cabelo natural não precisa de reconstrução com frequência.


O ideal é usar uma mesma linha durante o tratamento. Exemplo: Se hoje farei hidratação, utilizo shampoo de hidratação, máscara de hidratação e condicionador de hidratação, se possível da mesma linha. Mas, nem todo mundo pode comprar três linhas diferentes para alternar, não é mesmo?
E como nem todo mundo pode investir em tantos produtos, o lance é ajustar o tratamento! É possivel usar um mesmo produto em todas as fases desse modo: Para nutrir, adicionamos ao creme de tratamento um óleo; para reconstruir, adicionamos queratina líquida e por aí vai.

Ou seja, para tudo nesta vida tem uma solução! Não é porque você não pode comprar diversos produtos que não poderá cuidar do seu cabelo adequadamente.

Mas como eu começo meu cronograma?

Quantas vezes você lava o cabelo por semana? Depois de definir isso, você deve começar pela hidratação. 

Depois da hidratação vamos alimentar o cabelo com a nutrição e depois a reconstrução. Seguir o cronograma direitinho vai depender do seu tempo. Se você puder tudo bem, se não, você pode lavar normalmente durante a semana e fazer o cronograma apenas no final de semana mas sem pular nenhuma etapa. Isso é muito importante!!


 Meus cabelos hoje, começando junto com vocês o CC

A Angela fez um vídeo no qual ensina a fazer um creme de hidratação que vai ajudar muito vocês. 

Para assistir, apertem o play!



Não percam na próxima terça-feira a continuação do Cronograma Capilar com todas as suas etapas, explicações e dicas super bacanas para ajudar vocês a darem uma repaginada no visual dos cabelos. 

Beijos e até a próxima!!!

Simone Rodrigues
Angela Pent (Blog Moda, Beleza, Estilo e Bom Gosto de Mulher)

Nenhum comentário:

Postar um comentário