Tradutor

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Óleo de côco - CC

Oi, minhas linduxas, tudo bem?

Vamos conhecer melhor oa benefícios do óleo de côco para os nossos cabelinhos?




 De acordo com o Clube do Cabelo e Cia, o óleo de côco possui os seguintes ácidos graxos:
 
Ácido láurico 44-52%.
Ácido mirístico 13-19%.
Ácido palmítico 7,5-10,5%.
Ácido oléico 5,8%.Ácido caprílico 5,5-9,5%.
Ácido cáprico 4,5-9,5%.
Ácido linoléico 1,5-2,5%.
Ácido esteárico 1-3%.
Ácido capróico 0,3-0,8%.
Ácido araquídico até 0,04%

Contém vitamina E, vitamina K e minerais, como o Ferro. Além de nutrir o cabelo, ele é ótimo para reparar cabelos danificados, sendo altamente recomendável para cabelos crespos, por amaciar e deixar brilhoso os fios. 

A partir dos ácidos graxos presentes no côco, o óleo também é bastante recomendado para cabelos com tintura ou alisantes e química em geral. Mas pode ser usado em todos os tipos de cabelo. 
 
Outro ponto forte do óleo de côco para os cabelos é que ele é um óleo carreador. Sabe o que isso significa? Não? Os óleos carreadores (ou óleos vegetais) são aqueles que penetram facilmente na pele e no couro cabeludo ”carregando” consigo todos os nutrientes que adicionarmos a eles. Isso signfica que se você usar óleo de coco com 1 colher de bepantol, ele levará  consigo a vitamina B5.

Como usar o óleo de coco para cabelos?
 Nos cabelos, o óleo de côco pode ser na nutrição de três formas:
 
I) Óleo de Coco puro: Lave a cabeça com shampoo e passe o óleo de coco 3 cm da raiz e em todo o fio. Enluve com cuidado e deixe agir por uns 15 minutos.

II) Na máscara nutritiva: Adicione 1 colher de óleo de coco na sua máscara de nutrição. Enluve o cabelo e deixe agir com a touca plástica por 20-30 minutos.

III) Banho de Óleo: Escolha outros óleos com propriedades nutritivas diferentes e misture ao óleo de côco. Depois de lavar a cabeça, passe a mistura e deixe agir. O óleo de côco carregará os nutrientes que você adicionou, deixando seu cabelo mais nutrido e vivo.

Você pode usá-lo uma vez por semana, alternando com outros óleos. Se o seu cabelo é fino e ficar com o aspecto gorduroso, passe uma máscara após a nutrição e enxague em água fria. Isso ajuda a tirar um pouco a oleosidade.

Para finalizar, dilua 1 colher de vinagre de maçã em 1 copo americano de água. Depois de lavado o cabelo, enxague o cabelo com a mistura. Além de ajudar a tirar a oleosidade que resta nos fios, o vinagre dá um brilho lindo aos cabelos.

O óleo de coco possui inúmeros benefícios que vão dos na pele ao fio de cabelo, por ser nutritivo, traz brilho e suavidade aos cabelos, deixando-os mais saudáveis, menos ressecados, mais fortes e até mesmo auxiliando ao combate a caspa. Rico em  ácido láurico que contém propriedades anti-fúngicas e anti-bactericidas. 

Além disso, o óleo de côco é rico em vitamina E e ácidos graxos, tendo como uma de suas vantagens a absorção imediata pelos fios. Por ser composto por 92% de gordura saturada, este produto é altamente recomendado para cabelos secos, possuindo alto teor hidratante.

O seu uso contínuo evita o aspecto espigado, seco e pontas duplas, o que dá ao cabelo uma aparência de estragado. Em seu lugar, pode-se observar um cabelo macio e sedoso.


O óleo de côco tornou-se num dos reis da cosmética natural, em parte devido ao seu altíssimo conteúdo em vitamina E e K, que o tornam num potente aliado quando se trata de melhorar o estado da nossa pele e cabelo.
Para começar o óleo de côco é um excelente condicionador e hidratante para o nosso cabelo. Se usar todos os dias um pouco nas pontas do seu cabelo notará a diferença, pois ajuda a prevenir a secura e as pontas abertas e maltratadas. Pode colocar um pouco de óleo de côco na sua máscara ou condicionador para potenciar os seus efeitos.

Se sofre de caspa ou de couro cabeludo seco o óleo de côco é um remédio caseiro bastante eficiente. Massajei-e o seu couro cabeludo duas vezes por semana com um pouco de óleo de coco, deixe atuar durante 10 minutos, retire com água em abundância e lave o cabelo. Este produto natural penetrará no couro cabeludo melhorando o seu estado e fazendo com que o cabelo esteja muito mais saudável.

O frisado está consumindo-a? Não deixe que o frisado do cabelo arruine os seus cachos, verta um pouco de óleo de côco no seu creme de pentear ou, depois de o aplicar, coloque nas suas mãos uma pequena quantidade e use-a para acabar de se pentear. Além de hidratar e proteger o seu cabelo, o óleo de côco ajudará a criar cachos definidos e sem frizz.
 

5- Devido ao seu alto conteúdo de proteínas e nutrientes, o óleo de côco é um grande aliado para reparar o cabelo danificado e favorecer o seu crescimento saudável. Por isso, se quer um cabelo bonito, comprido e abundante, incorpore-o na sua rotina de beleza.



Como saber se meu Óleo de Coco é Vegetal?

Toda adepta do Cronograma Capilar que se preze já sabe que antes de comprar novos produtos deve olhar no rótulo da embalagem e ver quais ingredientes são adicionados na composição do produto. Na hora de escolher o óleo de côco não é diferente, olhe na embalagem do produto e veja  se há somente côco ou silicones e outros ingredientes.

Os óleos de cocos vegetais geralmente vem com um aviso do tipo ”100% Natural” ou ”100% Puro” na embalagem. Mesmo que esteja escrito isso, dê uma olhadinha no verso do rótulo para confirmar a informação.

Beijos, até a próxima!
Simone Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário